domingo, 4 de outubro de 2009

a mi me gusta el gusto de mescla

Pois é, hoje no almoço fiz uma coisa que eu adoro, mas que não faço à toa pra não banalizar, pra manter o "especial", o divertido. Quibebe, salada de tomate com rúcula bem temperada, pasta de cenoura com alho, arroz e legumes variados ao vapor. Reguei de azeite, vinagre balsâmico. Olhei o prato, pausei, sorri e com a faca e o garfo misturei, misturei tudo, adoro! Vejo a minha mãe inconformada e explico que, com o frio junto ao quente, não quero tornar morno, quero sentir o frio junto com o quente - talvez, claro, agora menos frio e menos quente. Com o docinho junto ao azedinho, não quero um gosto homogêneo nas papilas, quero o contraste. Acho que ela entendeu.
Diário Coletivo, 2006.

Um comentário:

alice disse...

hehehehehehehehehe